Quem deve cuidar somos nós


Warning: call_user_func_array() expects parameter 1 to be a valid callback, function 'wp_maybe_grant_resume_extensions_caps' not found or invalid function name in /home/coatiorg/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php on line 288

Campanha “Quem Deve Cuidar Somos Nós”

jd-japicor

OBJETIVO:

# Preservação, conservação e recuperação de áreas degradadas da Serra do Japi.

MEIOS:

# Promover atividades educacionais, ecoturísticas e artístico-culturais para promover a conscientização da importância da Serra do Japi, Reserva de Biosfera da Mata Atlântica e patrimônio da humanidade.

PARCERIAS:

# Com meios de comunicação, para promover a divulgação da campanha e de seus objetivos.
# Com empresas, fundações, Embratur e outras instituições, para viabilizar financeiramente projetos afins.
# Com proprietários, para viabilizar programas de visitação e passeios “ecologicamente corretos”, proporcionando alternativa econômica.
# Com agências de ecoturismo, para a implantação de passeios monitorados.
# Com instituições de ensino e pesquisa, para capacitação de monitores.
# Com outras entidades, para fortalecer o objetivo desta campanha.
# Com o poder público, para fiscalização das ações e colaboração geral

PROJETOS EM DESENVOLVIMENTO:

# O Grande Japi

ATIVIDADES ATUAIS DA CAMPANHA:

# Mutirões de limpeza 

# Conta-poupança – para depósito de fundos, destinados a ações de preservação, como a compra de terras – preferencialmente degradadas para a recuperação da vegetação.

ATIVIDADES EXECUTADAS DA CAMPANHA:

# Concurso Fazendo Arte com a Serra do Japi – destinado a alunos de escolas das redes pública e particular de ensino, estimulando a criação artística.

# Projeto Japi Itinerante – exposições fotográficas levadas às escolas pelos monitores do programa de ronda escolar Anjos da Guarda.

# Mostra Fotográfica Serra do Japi – 14 painéis fotográficos, montados em cavaletes, com diversas imagens das belezas naturais.

# Leilão de Arte – para a arrecadação de fundos para a campanha.

# Grupo de Orientação e Observação “Kiko de Matheu”